Compromisso activo da China nos últimos anos no trabalho de preservação dos pandas gigantes

1. O aumento da natalidade através da fertilização artificial

Em 1980, havia somente 8 pandas gigantes no Centro de Pesquisa e Protecção de Pandas Gigantes na Reserva de Wolong. Devido à regressão do sistema reprodutivo, somente 7 a 8 de 100 pandas gigantes possuem a capacidade de reprodução. Quando se ocorre algum nascimento, somente 30 a 40% dos panda gigantes fêmeas conseguem dar à luz, e a taxa de sobrevivência não atinge os 40%. Assim, a China decidiu criar o Centro de Investigação e Protecção de Pandas Gigantes na Reserva de Wolong para investigar especificamente o problema da natalidade dos pandas gigantes.
 
Os especialistas sobre natalidade dos pandas gigantes descobriram, através de uma investigação, que os pandas gigantes comuns do sexo masculino não têm o desejo de acasalar com os pandas gigantes do sexo feminino. Assim, a inseminação artificial foi o método escolhido para produzir descendência de pandas gigantes. Os especialistas iniciaram o processo através da recolha de esperma de um penda gigante adulto saudável e congelaram-no. De seguida, o esperma foi inserido na vagina da panda gigante fêmea através de uma agulha-tubo. Posteriormente, as hormonas sexuais foram estimuladas para aumentar a taxa de fertilidade do panda gigante fêmea.
 
Ao longo de anos de investigação, os especialista do Centro de Pesquisa de Wolong criaram um banco de esperma dos pandas gigantes, o qual tem vindo a resolver o problema de reprodução dos pandas gigantes. Através de uma série de pesquisas de problemas específicos tais como “Estímulo das hormonas reprodutivas dos pandas gigantes externamente”, a taxa de fertilidade dos pandas gigantes fêmeas em idade fértil aumentou. Para reavivar e estimular a capacidade de reprodução dos pandas gigantes, os pandas gigantes de 4 anos de idade (adolescentes) foram incitados a acasalar. Os especialistas tentaram estimular o desejo de acasalamento e o desenvolvimento dos órgãos reprodutivos através da exibição de vídeos de outros pandas gigantes a acasalar.
 
A maioria das pandas gigantes fêmeas que deu à luz através de inseminação artificial, não sabe como tratar das suas crias. Em relação ao já referido problema da sobrevivência dos filhotes, os especialistas decidiram criá-los artificialmente. As crias foram devolvidas às mães pandas gigantes após terem sido criadas artificialmente durante um certo tempo.

2. Definir as áreas para a reserva
As medidas de protecção eficazes nas regiões e nos habitats onde os pandas gigantes habitam, estão densamente povoadas e mostram importantes progressos. O número de reservas naturais aumentou de 4 para 62, com uma área total de 320 hectares de terra, o que permitiu que 70% dos pandas gigantes em estado selvagem fossem protegidos de forma eficaz. A população de pandas gigantes selvagens aumentou quase para 1600. Dentro das áreas de reserva existe patrulhamento durante o todo o ano, sendo os pandas gigantes doentes e famintos são resgatados e qualquer comportamento criminoso e prejudicial para com os pandas gigantes é reprimido e sujeito a penalização.
 
Entretanto, através do controle das montanhas e dos mares, a restauração da vegetação, a prevenção de diversas catástrofes naturais e a diminuição da interferência humana que perturba o habitat pandas gigantes na vida selvagem, proporciona um bom ambiente ecológico para a sobrevivência e a reprodução de pandas gigantes. As províncias nas quais os pandas gigantes estão distribuídos, têm todas reservas para o tratamento dos animais selvagens. Os pandas gigantes que estão fora das áreas de reserva e dos seus habitats podem beneficiar de uma protecção eficaz.
 
3. Preservação perto do local
Como o habitat natural da espécie está a ser afectado e a população diminuiu para cerca de 1000 indivíduos, deve-se ter em consideração a fixação da população estável num ambiente de reprodução artificial para, posteriormente, serem colocados em liberdade de forma a complementar as populações selvagens. Visto que o ambiente artificial está distante do habitat natural, dá-se o nome de “preservação perto do local” e é usada para complementar a preservação local. Como a pesquisa científica e de reprodução dos pandas gigantes continua a avançar, a população de pandas gigantes criados artificialmente cresceu rapidamente atingindo o número de 293 animais em 2009.
 
 
Data da última actualização : 03/10/2018
Utilize o Internet Explorer 10 ou superior e a resolução 1024*768 ou superior
Licença do IAM 2018 | Política de Privacidade | Declaração de isenção de responsabilidade | Termos de utilização |